Translate

22 de setembro de 2012

20 anos de cicloturismo


Estão aí algumas imagens, recuperadas, das minhas primeiras viagens de bike: cicloturismo, se bem que para a viagem da foto de cima, subindo a serra de São Francisco de Paula - RS, foi um ciclosofrimento, hehe. Este seria o ano de 1992, ou seja, 20 anos atrás. Ainda eu tinha uma Caloi Aluminum, daquelas com o quadro extremamente grosso... das primeiras que existiram. Nem lembro direito que aconteceu com este quadro, lembro que bati de frente e no fim troquei o quadro ou vendi, algum tempo depois comprei a Giant da próxima foto, e em seguida a GT que tenho até hoje.
Estavam nesta época o Marcelo Curia e o Alexandre. Subimos pela estrada de São Xico, depois pela RS-235 até Canela (na foto) e chegamos na casa do meu pai em Canela, meio de surpresa hahaha, foram mais ou menos 300 km. Na fotos estávamos a atravessar os 'Campos de Cima da Serra'. Foi bem divertido, tempos divertidos aqueles, sem dúvida.
Também por esta época fiz com esta turminha e outros amigos algumas vezes Porto Alegre - Gramado. Numa dessas, na descida da serra, o Alexandre deu de frente com um bloco de concreto, de noite, indo ao chão com um dos tombos mais espetaculares que me recordo. O aro da frente virou um 8 mas ele ainda bem quase nem se machucou.


Aqui já com a Giant, isso foi março de 1993. Tinha passado pro vestibular e aproveitava meus últimos dias de férias. O local aí é a Cascata do Panelão, em Nova Petrópolis, em uma outra subida à serra com direito às famosas descidas 'kamikases' pela BR-116.


Na foto acima em uma das viagens solo que fiz, para o litoral, Torres e Floripa. Já com a GTzinha que tem me dado tantas alegrias. Aqui que confirmo que podemos pagar muito por um produto que dure, ou pouco por um produto que se acabe em um ou dois anos. Pelo bagageiro da foto, um Trek que nem sei se ainda é produzido, na época paguei bem caro, mas compensou e ele está na bike até hoje, depois de inúmeras viagens, inúmeras caronas, bujões de gás, tambores d'água, e atualmente fiz uma cadeirinha pra minha filha que se acopla perfeitamente ao bagageiro...depois deste tempo todo? Um ou dois reapertos dos parafusos e só.

Em um outro ano mais tarde, fui com o amigo Sid (Sidnei Luís da Cruz Zommer), de Porto Alegre até Arroio dos Ratos. Entramos por estradas secundárias, passamos por cidades que nem sabia que existiam por alí, mas finalmente chegamos. Engraçado que na volta eu levava uma imensa melancia no bagageiro da bike.. fui com ela até quase POA e quase chegando passei num quebra mola e a melancia caiu e se esborrachou no chão. Toda vez que vejo uma melancia no bagageiro de alguém por aqui eu lembro desta história.

Bueno, vou resgatar outras fotos da época, comemorando a entrada nesta minha nova fase, de retorno total e irremediável à obsessão ciclística que sempre foi minha essência.

Lembrando: #VádeBike #EuVoudeBike #22desetembro #DiaMundialsemCarro #EuRespeitoCiclista
--> Leia mais...

FreakBikes, bikes muito loucas!

Reuni aqui as imagens mais divertidas que eu coletei pela internet, com bicicletas como tema, homenagem ao #diamundialsemcarro #voudebike.

São freakbikes ? São bikes conceito?  São mesmo é muito geniais! A ideia do cara em construir um modelo unico, pedalável (condição importante..), mostra esta genialidade que acompanha a história das bicis pelo mundo.  Nos EUA em várias cidades existem encontros celebrando as #freakbikes.

Enfim, é verdade, bicicletas e carros foram criados mais ou menos na mesma época e tomaram rumos diferentes. Um para melhor, o outro para cada vez pior.

 Recorde brasileiro da menor bicicleta.


Recorde brasileiro da mais alta bike do Brasil. Uma homenagem à Brasília.

 Do tipo cobra duas cabeças ou irmão siameses.

 Nas pick up bike.


Super útil.

 Transferência circular.
 Freak escorpion?
 Do tipo, olhando por cima dos caras no trânsito.


 Sem comentários hahaha...
 Um trator? Um barco pirata?..nada, uma #superfreakpiratebike

 Linda! Mas fugiu de um carrossel.


Fico pensando no discordar antes de sair de casa.. lógico que o último ali (o 1º da esq p/ dir) de capacetinho rosa, foi quem perdeu.




TwistedBike.

Sem ser #FreakBike deixo a ideia que pode ser encontrada no livro "APOCALIPSE MOTORIZADO A TIRANIA DO AUTOMÓVEL EM UM PLANETA POLUÍDO", muito legal e quem sabe um dia faça por aqui..hehe


"Construa uma armação do tamanho de um carro para sua bicicleta e ande com ela pela cidade. Uma tática eficiente e que tem humor – uma bicicleta que toma tanto espaço é ridículo! E essa é exatamente a questão: por que tomar tanto espaço para locomover uma pessoa? Quanto desperdício! E você pode pedalar por aí no seu ritmo de passeio, sem temer as portas de carro que se abrem, sem ter que andar grudado ao meio-fio, ou sem que os carros passem em alta velocidade perto de você (uma vez que eles temem arranhar a lataria)." Nedd Lug (org.) 2005.



--> Leia mais...

20 de setembro de 2012

20 de setembro de 2012

Bem legal esta propaganda. Como aqui nem existe a tal da Schin, resolvo colocar aqui para expressar minha gratidão ao meu estado querido e comemorar esta data especial.

--> Leia mais...

Blogs Favoritos