Translate

26 de junho de 2008

Nosso horário, nosso tempo (ainda sobre o fuso)

A VIDA E O TEMPO
__________________

Mário Quintana

O tempo é indivisível, sabes?
Qual o sentido do Calendário?
Tombam as folhas e fica a árvore
Contra o vento incerto e vário

A vida é indivisível. Mesmo
A que se julga mais dispersa...
E pertence a um eterno diálogo
A mais inconseqüente conversa

Todos os poemas são o mesmo poema
Todos os porres são o mesmo porre
Não é de uma vez que se morre
Todas as horas são extremas!

...e todos os encontros são adeuses...

0 comentários:

Blogs Favoritos