Translate

23 de fevereiro de 2008

2008 - UM ANO BISSEXTO

A razão da existência do ano bissexto é para se corrigir a discrepância entre o ano-calendário convencional e o tempo de translação da Terra em volta do Sol — o ano solar. A Terra demora aproximadamente 365,25 dias solares (1 ano trópico) para dar uma volta completa ao redor do Sol, enquanto o ano-calendário comum (por convenção) tem 365 dias solares. Portanto, sobram aproximadamente seis horas (0,25 dia) a cada ano solar.

As horas excedentes são somadas e, a cada quatro anos, adicionadas ao calendário na forma de um dia (4 x 6h = 1 dia). Este dia extra é incluído no mês de fevereiro, que terá então 29 dias.

O ano bissexto foi adotado pela primeira vez no Egito, em 238 AC. O calendário Juliano, introduzido em 45 AC, adotou a regra de que todo ano divisível por quatro era bissexto. Mas mesmo com essa regra ainda existia um erro de aproximadamente 1 dia a cada 128 anos. Sendo assim, é necessário que nas viradas de século não exista ano bissexto (como foi em 1900), somente ano bissexto em viradas de século a cada 400 anos (como ocorreu em 2000).

No final do século XVI foi introduzido o calendário Gregoriano, usado até hoje na maioria dos países, adotando as seguintes regras:

1- Todo ano divisível por 4 é bissexto
2- Todo ano divisível por 100 não é bissexto
3- Mas se o ano for também divisível por 400 é bissexto

Isso significa que há 97 anos bissextos a cada 400 anos. Essas regras foram introduzidas para reduzir ainda mais o erro no calendário. O ano 2000 foi o primeiro a usar a terceira regra.

O calendário gregoriano respeita o ciclo de 400 anos, o que possibilita que a cada 400 anos os dias repetem o dia da semana: 29 de fevereiro de 2008 é uma sexta-feira, assim como 29 de fevereiro de 1608 foi uma sexta-feira e 29 de fevereiro de 2408 será também um sexta-feira.

0 comentários:

Blogs Favoritos