Translate

24 de janeiro de 2008

O antes e depois da alagação do rio Juruá 5




Este é a casinha do porto norte de Marechal Thaumaturgo, acima, no dia 14 de janeiro, abaixo, no dia 21 de janeiro. Ainda subiu mais do que a foto de cima. E o rio ainda baixará mais nos próximos dias.

6 comentários:

Foster Brown disse...

Oi Marcus,
Obrigado pelas fotos. Elas fazem a realidade ficar mais clara.

Coloquei imagens do 'Hidroestimador' do CPTEC/INPE que mostram estimativas de chuvas a montante do Marechel Thaumaturgo no sitio www.map-amazonia.net Forum GTP Queimadas. As imagens 20080111 a 20080113 indicam onde estava caindo as chuvas na bacia do Alto Juruá.

Abracos,
Foster Brown

mirco disse...

Dá-lhe Marquito, como estás?
Que bam saber notícias tuas.
Fiquei impressionado com as imagens desta enchente.
Quando tu vens por aqui?
Eu sigo trampando em Iluminação Cênica, e pleiteando um mestrado nesta área.
Janaína já tá com a barriga bem crescida. Vamos ter uma menina, que ainda não tem nome. Ela deverá nascer na primeira semana de abril.
Tu tens alguma notícia do Alan?
Ele tá com uma baita terra lá em minas. Ainda não consegui pintar por lá. Qualquer hora dessas..
Cara, um grande abraço, vou dar mais uma circulada pelo blog.
ciao
mircoZanini

menina disse...

Oi, Marcus!
Pôxa, queria comentar as fotos da enchente, mas tu disse tudo na postagem do dia 15 de janeiro.
Desmatamento... e pior é que eles, que desmatam, só vão se dar por conta depois que o estrago já foi feito... se é que se dão por conta ou que ligam pra isso. Imagino que quem desmata grandes áreas não more no local pra ver/sofrer as conseqüências, não? Acho que os ribeirinhos é que têm que ser estimulados a organizarem-se contra o desmatamento...

Beijão. Parabéns. Boa sorte.
Maria Carmen

Geólogo Gilmar Honorato disse...

Olá, sou Gilmar Honorato, geólogo e pesquisador em geociências da CPRM, em Manaus. Estou finalizando um relatório sobre as areas de risco de Marechal Thaumaturgo. Gostaria de usar essas fotos como ilustração no produto final que será entregue a Defesa Civil Municipal e ao Centro de Monitoramento de Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) . Ainda não fechei o relatório por falta de ilustrações de como são essas enchentes. Te pergunto, posso usar suas fotos como ilustração? (com todo crédito, claro). A CPRM é uma empresa pública que está fechando mapeamento de áreas de risco (Inundação e movimento de massa) de mais de 850 cidades no Brasil todo. Na minha última visita ao Acre visitei tb Porto Walter, Rodrigues Alves e Mancio Lima.

Athaydes disse...

Olá Gilmar,
Fique a vontade em usar as fotos o quanto quiser. O fiz como utilidade pública e ainda servem para tanto.
Devo ainda ter os originais, com melhor qualidade. Me enviei um mail pelo gmail!
Abraços, bom trabalho!

Geólogo Gilmar Honorato disse...

Obrigado mesmo por compartilhar essas fotos. Preciso pra mostrar o quão foi feia essa cheia. Pois tenho as fotos com as marcas d'águas nas casas, se puder me enviar umas 5 fotos de dois lugares de Marechal, 1) Bairro Serraria e 2) Rua Francisco Bezerra eu ficaria muito agradecido. Meu e-mail é gilmarhonorato@gmail.com/gilmar.souza@cprm.gov.br

Blogs Favoritos