Translate

29 de abril de 2007

De Athaydes pra Todos Ocupadores Verde


Ola todos Ocupadores Verde!

Confesso que fiquei todo arrepiado com a mensagem da Sil.

Emocionado mesmo.

Sil, teu relato eh lindo, me fez percorrer aqueles caminhos e lembrar das plantas, lembrar aquelas que plantamos la dentro do mato, as que eram de sombra, aquele palmito...hehe..e agora sao elas que estao dando sombra.

As Ocupacoes Verde, desde a primeira no ENEB de Porto alegre em 1998, estao para completar 10 anos.

É mesmo muito tempo.

O primeiro relato de um resultado real de todo nosso esforço nestes anos veio agora com a linda mensagem da Sil.

Isto, sem duvida da um excelente artigo de divulgacao.

A gente juntaria as fotos do plantio, com as fotos de agora (Sil, tirasse algumas fotos?) e divulga como sendo absolutamente possivel, plantar arvores e sentar abaixo da sombra delas, ainda na mesma decada apos o plantio.

Um abraco a todos

Marcus Athaydes
--> Leia mais...

Carta da Sil: Ocupação Verde de 1999


Queridos espalhados pelo mundo, trabalhantes e estudantes, Srs., Sras. e crianças....


Uma tarde que poderia ser como qqer outra, e o foi, em sua singularidade.
Passando perto dos vovôs Montenegro, lembro-me de nosso 1º plantio campineiro, e resolvi ir visitar nossas plantinhas. ENEB 1999.....mais de 7 anos... Há muito lá não vou, mas não tive dúvida do percurso. O Parque continua fantasma, pouquíssimo uso para tanto espaço.
Em direção ao Teatro de arena, em frente à área do plantio, a percepção já foi diferente: havia um descampado por aqui.. O dia do plantio, trabalho duro e sol na cabeça, enxada para cá e para lá, Seu Sebastião dando de 10 em todos nós.. Ué, será que me enganei?
E ao terminar a pergunta, vejo uma Cordia (exótica, né Mi?) e me lembro que ela já estava ali.
Ou seja, eu estava no lugar certo.
Ele é que havia se transformado.
Passei por entre as árvores, ainda há um caminho, no qual antes lutávamos com o mato. É um bosque hoje. Toda aquela área, todas as mudas, carrega água daqui para lá, e pega carrapato, um violão,... Muito, muito sol....
Eu ali, na sombra das árvores, era como se estivesse vendo todos nós em silêncio no dia do plantio. Eles estão gdes, 3m, 5m ... E todos nós estávamos presentes lá também. Em silêncio Via Marcus com seu chapéu, as mudas passando de lá para cá.
E então vi um velho e morto eucalipto. Vcs se lembram dele? marcava o fim da área de plantio. Mesmo morto desde então, continua lá. Enorme. Lembrei de alguns de nós aos pés dele. Eles antes rodeado de mato, e agora, o sol não bate no chão. Jatobás, Guapuruvus, Paus-ferro, Ingás .... e tudo com letra maiúscula sim!

E enquanto estava ali, como se o ar estivesse mais denso e me ajudásse a flutuar em beleza e lembrança, mais um presente: um lidíssimo tucano, seu laranja resplandecente, vem voando e paira no eucalipto. E lá fica.
Ao me ver, salta mais uns galhos para cima.. proteção. E lá fica. Lindo, lindo, tingindo com seu laranja o céu azul que havia por detrás.

Pensar e realizar um trabalho coletivo e com amor e entrega é bonito por si só, e cria uma luz rosa no mundo. Depois de anos se deparar com ele é estonteante.

Obrigada.
--> Leia mais...

20 de abril de 2007

Bicho-preguiça





Esta foi a minha melhor foto da expedição. Não que tenha ficado exatamente boa. Mas a dificuldade em tirar a foto foi o melhor..hehe. O bichinho estava em uma copa, bem na beira d'agua do Croa, numa curva de difícil acesso. Para tirar tive que ficar de pé na canoa, com a máquina esticada. Bom, de pé na canoa já da pra entender que foi bem difícil e fácil de cair ou virar a canoa com todo mundo em cima. Bem legal.
--> Leia mais...

O Croa, la em cima, nativão!



Esta é uma das vistas do rio Croa bem la em cima, ao sul, depois mais de uma hora do ultimo morador. O rio, fica bem sinuoso, apertado e com a vegetação invadindo a água. Muito lindo. Contam que esta região do Croa é muita piscosa, e com muita caba, e grandes!
--> Leia mais...

Quim no Croa


A casa do nosso amigo Quim, la em cima, um dos ultimos moradores, um dos locais mais lindos do Croa. Ai passamos uma noite e comemos uma excelente janta tradicional!!
--> Leia mais...

Tucum


Este é um exemplar do gênero de maior diversidade da família das palmeiras: o gênero Bactris. São muitas espécies, maioria de subbosque, todas muito espinhentas..hehe.
O tucum traz toda a lealdade.
--> Leia mais...

A temida Tiranabóia


Este bichinho é um dos mais temidos dentro da floresta. Segundo os relatos, a tiranabóia só pode pousar sobre uma espécie de árvore. Caso pouse em alguma outra, ela automaticamente mata a árvore. Eu vi uma seringueira que morreu. Ela quebrou exatamente aonde a tiranabóia pousou, no meio do caule. Para os humanos também...caso ela trisque na pessoa..diz que a morte é certa.
--> Leia mais...

Uma Cucurbitaceae nativa!!

--> Leia mais...

Um maracujá nativo!!!

--> Leia mais...

Alou alou Entomologos!


Um apoio ai para identificar este bichao ai que apareceu na nossa expedicao. Foi mal pela falta de escala. Alou Lucas! Alou Helena!
--> Leia mais...

De volta ao trabalho!!



Após um excelente retiro nas terras gauchas, junto a minha familia e a todos que amo, volto para o oeste da amazonia, ja trabalhando direto!!
A viagem Rio Branco - Cruzeiro do Sul foi uma viagem..foi mesmo uma aventura o que motivara um outro post...com cenas gravadas do celular dentro do avião (monomotor) passando no meio de uma tempestade a noite...uuuu..foi o mais perto que passei de medo de voar!! Depois coloco aqui, quando eu descobrir como tirar de dentro do celular.
Mas sim, com essa começa uma série de fotos da recente expedição botânica que fizemos, como parte dos estudos para criação da RESEX do Croa. Na primeira foto, a equipe...da esquerda pra direita: Alberto, mateiro; Marta, colega botânica; eu; Edir, mateiro; Givanildo, técnico da UFACe o Edilson, parataxonomista direto de Rio Branco.
Foi uma aventura e tanto, quase 30 km por terra e por agua, a pé e de canoa, incluindo um trecho de canoa a remo.
Vamos as fotos!!
--> Leia mais...

Blogs Favoritos