Translate

26 de novembro de 2007

A Vacina do Sapo






Entre todas as novidades que conheci sobre a medicina tradicional da floresta, e que ainda estou conhecendo, através de relevantes e impressionantes experiências, tem um que realmente impressiona: o SAPO KAMBO, ou KAMPO (na verdade um perereca...).

Tenho ja ha dois anos periodicamente vacinado pelo sapo, é uma experiência única e marcante, diferente de qualquer tratamento usual da medicina. Com tempo irei relatar aqui com mais detalhe o que podemos sentir quando do efeito quase imediato da vacina na pessoa, de que forma ela age, o que sentimos no momento que a vacina está agindo.

Adianto que após o perrengue que é a vacina, somos tomados por uma sensação absolutamente relaxante, uma sensação gostosa de paz e tranquilidade, como se tivessemos "resetado" nossa maquina...Os efeitos momentâneos da vacina agindo, contrastam totalmente com a consequencia, o após vacina. Na hora: sofrimento, limpeza, quase que a gente não consegue resistir (quem assiste o processo sem nunca ter tomado, quase sempre desiste de tomar), após, logo de imediato, uma sensação muito boa de relaxamento, e, durante muitos dias, uma disposição implacável, em todos os sentidos.

Acima, está reproduzida parte de uma reportagem que pode ser obtida diretamente no Jornal página 20 e algumas cenas tiradas do filme dos Nauas.

0 comentários:

Blogs Favoritos