Translate

26 de dezembro de 2007

Saneamento Básico: O Filme



Sem dúvida um dos melhores filmes do ano. Em Saneamento Básico, Jorge Furtado soube com muita inteligência colocar elementos a primeira vista não congruentes, numa engenhosa harmonia, fazendo o "making off" do "making off", cheio de pequenos detalhes, de chamadas e referências, unindo a simplicidade da origem em uma cidade pequena, a excelência dos personagens e de seus atores e a dificuldade de tornar um tema ambiental, as vezes pesado, em um conto leve e otimista.

Este filme me impressionou mesmo pelo conteúdo cômico, que aproxima as pessoas à necessidade de encarar nossos problemas ambientais escondidos, mas de forma otimista e alegre. A abordagem ao tema ambiental não é direta e está longe de ser piegas, ele está implícita em todo o filme, ela flui e dá o sensação de que é indissociável do contexto, da matéria, do objeto cerne do filme.

"Saneamento Básico : O filme", como não poderia deixar de sugerir, é um excelente material para uso em atividades de educação ambiental, tanto para os educadores quanto para os educandos.

E o monstro é muito TRI!!
--> Leia mais...

____________NOSSO MEDO

Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados.
Nosso medo mais profundo é que somos poderosos
além de qualquer medida.

É a nossa luz, não as nossas trevas, o que mais nos apavora.
Nós nos perguntamos:
quem sou eu para ser Brilhante, Maravilhoso,
Talentoso e Fabuloso?

Na realidade, quem é você para não ser?
Você é filho do Universo.

Você se fazer de pequeno não ajuda o mundo.
Não há iluminação em se encolher, para que os outros
não se sintam inseguros quando estão perto de você.

Nascemos para manifestar a glória do Universo,
que está dentro de nós.
Não está apenas em um de nós: está em todos nós.

E conforme deixamos nossa própria luz brilhar,
inconscientemente damos às outras pessoas permissão
para fazer o mesmo.

E conforme nos libertamos do nosso medo,
nossa presença, automaticamente, liberta os outros.
(Nelson Mandela)
--> Leia mais...

20 de dezembro de 2007

DEPUTADOS QUEREM FLORESTA ZERO NO BRASIL

Como se não bastasse os desmandos e barbaridades de falta de ética na política, desrespeito a manifestacoes pacificas pelo ambiente, agora temos, no final de ano, noticias como a publicada abaixo, que demonstra a total falta de preocupação destes políticos com o futuro das florestas no Brasil e consequentemente, como o futuro do clima no Mundo.

Eu estarei me mobilizando nos proximos dias para enviar uma carta a comissão de meio ambiente solicitando que não aprove o absurdo que está a revisão da Lei 6424/05 que fere violentamente a qualidade do nosso ambiente a as políticas para preservá-lo.

É um absurdo, estou indignado!!


Projeto floresta zero

Por 24 votos a 1 aprovaram o relatório do deputado Homero Pereira (PR-MT) sobre o Projeto de Lei 6424/05

A bancada ruralista fez a farra nesta quarta-feira na Comissão de Agricultura e Pecuária da Câmara dos Deputados. Por 24 votos a 1 aprovaram o relatório do deputado Homero Pereira (PR-MT) sobre o Projeto de Lei 6424/05. Para quem não se lembra, a proposição do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) permite a recomposição de áreas de reserva legal, desmatadas ilegalmente, com espécies exóticas, como dendê, eucalipto e cacau. Mais do que isso, o PL desfaz um princípio básico da ecologia, e permite que a recuperação das reservas legais seja feita fora da bacia hidrográfica onde houve o desmatamento. Mas o supra-sumo, o escândalo mesmo que o senhor Homero Pereira, ex-presidente da associação dos produtores de soja do Mato Grosso, conseguiu incluir no seu relatório foi uma anistia a todos aqueles que cometeram o crime de desmatar reservas legais. Está lá, no artigo 44.

O irônico, para não dizer o trágico desta história, é que a votação desta quarta foi precedida de uma festinha de um ano de aprovação da Lei da Mata Atlântica. Quem acompanhanhou os bastidores da tramitação desta lei no Congresso no ano passado sabe bem que o Ministério do Meio Ambiente e algumas ONGs ofereceram aos ruralistas, em troca de apóio, uma revisão do Código Florestal agora em 2007. Não surpreende portanto que os ‘gestores’ do ministério não tenham sequer comparecido à votação desta quarta e muito menos articulado com a bancada governista para impedir a derrota da floresta pelos ruralistas. Afinal, trato é trato.

As ONGs contrárias ao projeto (lembre-se há pelo menos uma a favor) tentaram impedir a derrota do Código Florestal. Percebendo que na abertura da sessão não havia quórum para a aprovação, pediram a um deputado ambientalista que solicitasse votação nominal. Sentindo o perigo da estratégia melar a festa, 15 deputados ruralistas apareceram no plenário da Comissão de Agricultura para garantir o quórum. Agora o PL 6424/05 segue para a Comissão de Meio Ambiente, onde se espera a jogo vire para o lado das florestas.

Fonte: O Eco
--> Leia mais...

7 de dezembro de 2007

Reserva do Croa aprovada no Croa

Comunidades aprovam criação da Reserva Extrativista Crôa- Valparaíso no Vale do Juruá

As comunidades do Rio Crôa, Lago do Mujú e Br 364 aprovaram nesta terça-feira, por unanimidade durante a consulta pública realizada pelo Ibama, a criação da Reserva Extrativista Crôa-Valparaíso. O presidente da associação de moradores do Crôa, Jeam Teixeira, diz que a qualidade de vida dos moradores melhora com a criação da reserva.

Segundo ele, com a definição da área de proteção os moradores do entorno terão mais segurança na utilização dos recursos naturais como o pescado, produtos madeireiros e não madeireiros e a caça. “Vamos ter apoio e fiscalização do Ibama e para nós, que estamos bem perto de Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves, onde há muita pressão para o uso indevido de nossos recursos, a Reserva Extrativista é fundamental”.

Francisca Teixeira, uma das lideranças do Crôa, diz que para o grupo de mulheres artesãs do Rio Crôa, que já expõem suas peças feitas de fibra de buriti e carrapicho até fora do Acre, a Reserva é a garantia de que a matéria prima para as biojóias e cestaria continuará abundante. Hoje elas encontram o buriti e o carrapicho nos quintais de casa e ao longo do Rio Crôa.

De acordo com o laudo biológico preliminar feito no Crôa pelo engenheiro florestal, Fred Soares, como apoio de pesquisadores da Universidade Federal do Acre, no local há muita caça, peixes e mais de 200 espécies diferentes de plantas. 57 espécies são utilizadas pela comunidade com finalidade fitoterápica. No Crôa há um Centro de Medicina da Floresta, onde são feitos e distribuídos medicamentos naturais que combatem várias doenças. O projeto do CMF – Centro de Medicina da Floresta - foi iniciado pela antropóloga Maria Alice Freire e hoje é executado por um grupo de moradores da Comunidade Nova Era do Rio Crôa.

Novas consultas públicas serão realizadas pelo Ibama na sexta-feira, dia 30. na comunidade Carlota no Rio Juruá e domingo, dia 2 de dezembro na comunidade Tartaruga no rio Valparaíso. O presidente da Associação de Moradores e Produtores da Comunidade Carlota, José Oliveira – o Teixeira – diz que na localidade as opiniões estão divididas, mas ele acredita que os moradores também vão aprovar a inclusão da localidade na reserva extrativista.

O chefe das Unidades de Conservação do Ibama Adalberto Iannusy diz que somente as comunidades que quiserem farão parte da Reserva Extrativista Crôa – Valparaíso. Ele destaca que entre os benefícios estão a regularização das terras, os créditos habitação e outros que as famílias receberão do Incra e a fiscalização do Ibama para evitar que madeira, caça e outras riquezas sejam retiradas do local por pessoas de fora da Reserva Extrativista. Se as demais comunidades votarem a favor da inclusão, a Reserva Extrativista terá 120 mil hectares e incluirá 11 localidades.
--> Leia mais...

Uma aula com mais de 24horas !!!

NOTICIAS DO ACRE

PROFESSOR QUER ENTRAR PRO LIVRO DE RECORDES!!



O paraibano Fred Tavares quer alcançar um feito inédito. Entrar o livro dos recordes como o professor que passou mais tempo lecionando em sala de aula.


Professor das disciplinas de física e matemática, ele iniciou ontem o desafio de enfrentar vinte e quatro horas ministrando aula para um grupo de alunos que se reveza.


O desafio começou as 10 deste sábado e termina as 10 de amanhã, domingo. Durante o tempo em que permanecer com os alunos, o professor fará somente três intervalos de cinco minutos para ir ao banheiro e se alimentará de vitaminas liquidas. O desafio será registrado em vídeo e enviado pelo professor para a coordenação do Guines que irá analisar o feito.

Para aguentar as 24 horas acordados e terminar o desafio, até erva mate ajudou. Na manhã de domingo (02), após mais de 20 horas em pé ensinando, o professor demonstrava cansaço, mas não desânimo. Sem voz, ele contou com a ajuda dos alunos para resolver as equações na lousa.

Alunos de várias escolas e cursos pré-vestibulares compareceram ao auditório do Colégio Acreano para assistir a aula e acompanhar o desempenho do professor.

(do site www.noticiasdahora.com)
--> Leia mais...

30 de novembro de 2007

http://www.thestylemachine.com/metele/metele_eng.swf
--> Leia mais...

Quebrando o windows 3

--> Leia mais...

Quebrando o windows 2

--> Leia mais...

Quebrando o windows 1

--> Leia mais...

ainda sobre o ultimo tópico...

Como uso Macintosh, nao tenho necessidade de expurgar minha raiva e stress com os windows ...

Mas aqueles que ainda padecem com as malezas estressantes dos ruindows, vai ai o link abaixo:

QUEBRE O SEU COMPUTADOR !!!!!!!


http://www.thestylemachine.com/metele/metele_eng.swf
--> Leia mais...

sobre o último post....

Lembro de uma máxima do universo do aprendizado em informática:

"Software é tudo aquilo que você xinga,
Hardware é tudo aquilo que você chuta!!.."
--> Leia mais...

Modem Huawei em CZS...boa escolha?



Ai esta o tal do Modem Huawei muuuuito lento ligado no meu PowerBook... espero que o EDGE chegue a tempo de eu nao me arrepender...
--> Leia mais...

28 de novembro de 2007

Internet na Floresta II

Pois, depois de muita luta, tenho finalmente uma internet em casa. Com velocidade de conexao telefonica, mas, da pelo menos para ver mails, ler o jornal, e postar no blog.

Para aqueles que vem acompanhando minhas tentativas, lembram que eu coloquei uma antena de internet radio...muito bem, mas nao captou o sinal da operadora, ja que ha uma barreira de árvores entre a minha casa e a antena da operadora. Fiquei naquele impasse, típico para biólogos, fico sem internet ou derrubo as arvores para ter o sinal? Pois que não derrubei as árvores e parti para uma solução alternativa.

Porcurei e finalmente descobri o TIM Web, que a princípio nao funcionaria em Macintosh (pela informação local da loja da TIM) insisti, procurei os drives na Internet, e quando fui comprar vi que na caixa do produto tem um CD com instaladores para Mac..Maravilha!! Depois de passar pelos tutoriais disponiveis na Internet, instalei o aplicativo e conectei. Aqui em CZS aonde ainda não chegou a tecnologia EDGE, so a GPRS, a conexão fica bem lenta, mas a maior vantagem que é um modem portátil e com roaming automatico, perfeito pra quando se viaja muito. Problema eh o limite do pacote de dados, que na minha conta é de 1Gb.

Agora é sonhar com a TIM tecnologia EDGE em Cruzeiro do Sul.

EM TEMPO: NAO CONSEGUI MANDAR ESTA POSTAGEM DE CASA, VIA TIM WEB!!!!!!!! SO DEU ERRO!!!!
--> Leia mais...

Croa próximo de virar Reserva Extrativista


Ibama inicia consultas públicas da UC do Rio Crôa em Cruzeiro do Sul

Unidade de Conservação deverá ter 120 mil hectares de área


Sandra Assunção (do Jornal Página 20, de 27 de novembro de 2007

O Ibama inicia nesta terça-feira as consultas públicas para a criação da unidade de conservação do Rio Crôa, um dos lugares mais bonitos de Cruzeiro do Sul. O Rio Crôa tem águas escuras e espelhadas e a maior concentração de vitórias-régias da região. No local há uma grande produção de artesanato de fibras de buriti e um Centro de Medicina da Floresta.

No dia 30, a consulta será na comunidade Carlota no Rio Juruá e no dia 2 de dezembro na localidade Tartaruga no Rio Valparaíso. Se aprovada nas consultas públicas a unidade de conservação terá 120 mil hectares, onde vivem cerca de 350 famílias em 11 localidades. O chefe das unidades de conservação do Ibama, Adalberto Ianusi, diz que depois de criada a unidade, os moradores terão direito aos mesmos créditos que recebem os assentados pelo Incra.

“As famílias que agora são posseiras, passarão a ser donas do local onde vivem e poderão pescar e caçar como fazem atualmente”, esclarece Ianusi.
--> Leia mais...

26 de novembro de 2007

Internet na Floresta!!!

Começa instalação de pontos de internet em comunidades tradicionais do Acre

Serão implantados ao longo deste mês, no Acre, os primeiros 11 pontos de conexão da Rede de Monitoramento, Vigilância e Educação Ambiental de Comunidades Tradicionais e Indígenas e de Áreas Protegidas. Trata-se de uma malha digital que levará sinais de satélite, internet, educação ambiental e um cardápio de serviços públicos online a populações tradicionais e indígenas que vivem em Unidades de Conservação de 13 estados brasileiros. Cerca de 200 outros pontos cadastrados aguardam implantação.

A iniciativa é fruto de um acordo entre os ministérios do Meio Ambiente e das Comunicações e a Rede Povos da Floresta - grupo que remonta à Aliança dos Povos da Floresta, de Chico Mendes. O acordo de cooperação técnica em que se baseia o projeto de inclusão digital foi firmado em março deste ano, no âmbito do programa Governo Eletrônico Federal de Atendimento ao Cidadão (Gesac), entre os dois ministérios e a Associação de Cultura e Meio Ambiente (RJ), representante da Rede Povos da Floresta. O principal objetivo do projeto de inclusão digital é fortalecer o papel das comunidades tradicionais e dos povos indígenas na gestão ambiental de áreas protegidas e seus entornos, valendo-se de monitoramento, vigilância e educação ambiental - sempre de forma articulada com suas próprias políticas culturais e educativas e suas agendas de promoção da sustentabilidade. O apoio do MMA ao projeto se dá por meio de seu Departamento de Educação Ambiental.

Esses primeiros pontos da malha - também conhecida como Rede Povos da Floresta - serão inaugurados ao longo do mês na Reserva Extrativista Alto Juruá (sete); nas Terras Indígenas Kaxinawá do Rio Breu, Ashaninka do Rio Amônea e Apolima Arara (três); e na escola Ayoninka Antami, na sede do município Marechal Thaumathurgo (um). A iniciativa inclui três tipos de pontos, articulados em pólos regionais ou territoriais: núcleos comunitários, em sítios de comunidades tradicionais ou indígenas; centros de formação e articulação, em áreas urbanas estratégicas para acesso às comunidades tradicionais, indígenas e áreas protegidas; e pontos de monitoramento remoto, não-comunitários.

(Do jornal Notícias da Hora; www.noticiasdahora.com)
--> Leia mais...

Um efeito possivel em mim...


Nao se assustem pessoal, sou eu mesmo, em seguida à aplicação do KAMBO. Este é um dos efeitos que aprecem em mim, fico todo inxado igual a um sapo, ainda fico me sentindo como um. É incrível. Depois logo volta ao normal, logico.
--> Leia mais...

A perereca "sapo Kambo"

--> Leia mais...

A Vacina do Sapo






Entre todas as novidades que conheci sobre a medicina tradicional da floresta, e que ainda estou conhecendo, através de relevantes e impressionantes experiências, tem um que realmente impressiona: o SAPO KAMBO, ou KAMPO (na verdade um perereca...).

Tenho ja ha dois anos periodicamente vacinado pelo sapo, é uma experiência única e marcante, diferente de qualquer tratamento usual da medicina. Com tempo irei relatar aqui com mais detalhe o que podemos sentir quando do efeito quase imediato da vacina na pessoa, de que forma ela age, o que sentimos no momento que a vacina está agindo.

Adianto que após o perrengue que é a vacina, somos tomados por uma sensação absolutamente relaxante, uma sensação gostosa de paz e tranquilidade, como se tivessemos "resetado" nossa maquina...Os efeitos momentâneos da vacina agindo, contrastam totalmente com a consequencia, o após vacina. Na hora: sofrimento, limpeza, quase que a gente não consegue resistir (quem assiste o processo sem nunca ter tomado, quase sempre desiste de tomar), após, logo de imediato, uma sensação muito boa de relaxamento, e, durante muitos dias, uma disposição implacável, em todos os sentidos.

Acima, está reproduzida parte de uma reportagem que pode ser obtida diretamente no Jornal página 20 e algumas cenas tiradas do filme dos Nauas.
--> Leia mais...

Biblioteca quase pronta



Este bem da direita é o prédio da Biblioteca quase pronto, e a fechada da frente da UFAC - Campus Floresta - Universidade da Floresta
--> Leia mais...

Aula de Campo



Turminha da Engenharia Florestal já em campo dentro da floresta da Universidade da Floresta. Todos entusiasmados em não ter que se deslocar tanto para chegar em uma área legal pra trabalhar. Da sala de aula até o ponto em que estamos na foto, são 15min de caminhada.
--> Leia mais...

Na Floresta da Universidade da Floresta



Foto tirada na floresta que cerca os prédios do Campus Floresta, como visto, muita coisa sobrou de pé..este na foto é um Tauari. A fisionomia da mata é muito legal, como muita palmeira de sub-bosque.
--> Leia mais...

Alunos da Escola Don Henrique Ruth, futuros alunos

--> Leia mais...

Tempo de chuvas

--> Leia mais...

microscópio com floresta atrás

--> Leia mais...

ULTIMAS NOTICIAS: recuperando o tempo

Amigos: quanto tempo sem postar alguma coisa por aqui; perdoem-me. Nao eh por falta do que escrever ou contar, pelo contrario a vida aqui é muito agitada, do contrario do que muitos acreditam.

Muitas coisas desde agosto, a UNIVERSIDADE DA FLORESTA, finalmente foi inaugurada, veio aqui o excelentíssimo Ministro da Educação Fernando Hadad, vieram diversas personalidades para conhecer o Campus, aquela coisa de placa discerrada e etc.

Tivemos a confirmação de verba para construção de um Restaurante Universitário.

Veio tambem o MEC avaliar o curso de Ciencias Biologicas e o Curso de Eng. Florestal. A UFAC confirmou a abertura de três novos cursos, entre eles a Biologia Licenciatura e a Agronomia.

Meu amigo Deputado Henrique Afonso também confirmou verba para dar início à construção de uma Casa do Estudante... grande notícia Deputado, Obrigado!!!! Toda a comunidade acadêmica agradece.

Teremos a Biblioteca do Campus Floresta ainda para este ano!!

Fiz as primeiras investidas exploratórias na Linda floresta que cerca aqui o Campus, o que vi me impressionou, nao precisa-se ir muito longe para conseguir boas coletas e objetos de estudo!! Meus alunos de Ecologia Florestal estão fazendo as primeiras amostragens e em breve teremos algo de floristica e estrutura da Floresta do Campus Floresta.

Este mês tem chovido bastante por aqui, mas não tanto como está previsto chover em janeiro. Mas apesar disso é uma época interessante para visitar o Alto Juruá. Agua, agua e muita agua! Espero vocês!

Algumas fotos do Periodo

Bom final de mês a todos!!!!
--> Leia mais...

31 de agosto de 2007

17 de agosto de 2007

Rio Branco - Cruzeiro do Sul - de carro !

Mais um aventura. Mais uma história pra contar destas muitas que estou acumulando por aqui. Na terça desta semana, eu e meu colega, Rodrigo, professor da enfermagem, e mais o Eduardo, grande personalidade cruzeirense, saimos de Rio Branco, três da manhâ, e chegamos em Cruzeiro na quarta, 7 da noite.

Foi uma aventura e tanto, mas foi uma viagem muito tranquila. A estrada nesta época atinge o máximo de "secura", vários trechos dificeis, de buracos e asfalto ruim, foram remendados, assim, consegui trazer um carro novo pra cá... rodando. Levamos 16 horas, com muito carinho desviando dos buracos e fazendo a viagem curtindo a paisagem e a floresta (normalmente um carro pequeno leva 12 horas, o avião 1:30h, uma camionete 4x4, 8 horas, e o ônibus de linha, 18 horas....já no inverno, quando a estrada está fechada e a opção é balsa, esta pode levar 3 meses pra chegar aqui, pois obriga-se a subir até o Rio Amazonas para acessar o Rio Juruá e chegar aqui.

No caminho muita secura no ar, muita poeira, muito fogo nas margens da pista e também em algumas florestas próximas. Pensava na verdade em ver muito mais fogo, o que ainda bem não está acontecendo.

Depois da estrada pronta, ficará muito divertido e prazeroso fazer esta viagem, muito menos cansativa e poeirenta como foi esta agora, rs.
--> Leia mais...

3 de agosto de 2007

Hamilton Corisco me visita e publica texto em seu blog (cópia abaixo)!

prosa com marcus em sua casa, cruzeiro do sul



depois do almoço

depois de meu primeiro ano de pesquisa tomei consciência de que não podia falar do conhecimento guarani, meu falar estava infectado e infectaria tudo com o que tomasse contato;
o que deveria fazer seria processar o meu discurso, ao invés de vender por tão pouco o conhecimento raro dos guarani;
pois é, a velha história do macaco que vai ajudar a piaba que sobe o rio e acaba matando o peixe;
meu discurso tinha que passar por uma renovação por um processo de limpeza, de regeneração;
descobri como parte desse caminho, tomando a hermenêutica, a filosofia e a antropologia que a epistemologia seria o caminho para esse processo;
sem reconstituirmeu próprio conhecimento, suas características e seus pressupostos não poderia falar de outro saber, pois ao tocar esse saber, meu discurso absolutizante e objetivista já o transformava em seu objeto, em outra coisa;

ponto de inflexão antropológico
o ponto de partida para uma crítica do nosso pensamento foi compreender o percurso, ou melhor a gegealogia do discurso epistêmico;
começando pelo positivismo, resultado da obsessão iluminista, o entendimento do cruzamento de sistemas sígnicos de que ele resultava, a confusão entre o verbal e outros regimes, que conduz à afirmação objetiva e à concepção de um conhecimento universal, concepção contestada então pelo construtivismo;
a crítica a essa concepção positivista é encaminhada pela antropologia francesa até chegar ao estruturalismo que toma o problema dos regimes sígnicos como questão fundamental da antropologia e da comparação entre sistemas de conhecimento, entre pensamentos;
pode-se traçar uma gênese nos trabalhos de durkheim e mauss, que começam a trabalhar a questão dos regimes simbólicos e numa definição de cultura que supere a do positivismo descritivista;
a religião é o campo fecundo onde os pensadores se debruçarão para buscar especificidades dos regimes sígnicos, as quais rebaterão em nossa correlação/confusão positivista entre palavras e coisas;
--> Leia mais...

12 de julho de 2007

Terremoto em Cruzeiro do Sul!!!!!!

Bom, agora acredito mesmo que estou morando quase na cordilheira dos Andes!! Um terremoto de 6.0 graus na escala Richter atingiu Cruzeiro do Sul às 5h23 (hora do meridiano de Greenwich), 0h23 hora local, do dia 12 de julho.
A conversa foi só essa hoje na Ufac, quem sentiu e aonde estava.
O epicentro do tremor, foi ao norte do Peru, latitude 7.92s, longitude 74.35w, distante 187 km de Cruzeiro do Sul. O tremor ocorreu a uma profundidade de 152 km.

--> Leia mais...

10 de julho de 2007

--> Leia mais...

--> Leia mais...


Mais Fotos do Campus Floresta

p.s.: aguardando a visita dos amigos!!
--> Leia mais...

Cenas do Campus da Floresta



Ja estamos atendendo no novo Campus. Com algumas dificuldades como era de se esperar, mas com confiança de que em breve possamos ter tudo em dia, tudo funcionando bem, a contento. As obras em alguns prédios continuam, em outros faltam algumas estruturas, mas nada impediu o retorno das aulas, no dia 3 de julho, com a presença da Reitoria e da imprensa. As fotos foram tiradas por mim e emprestadas do site de um amigo.
A foto acima é da primeira aula de laboratório dos meus alunos, onde estavamos observando morfologia floral.
--> Leia mais...

2 de julho de 2007



Adeus Gina, Adeus Genildo

Foi aqui junto a esta Samauma que eu conheci a Gina. Cabocla da Mata, guerreira, mulher forte, amavel, amiga, linda. Aqui nesta mata se apresentou a Jurema, e quando Jurema vinha no corpo da querida Gina a cura estava sendo ofertada, a cura, o alivio, o conforto. - Gina, aonde quer que esteja, continue guiando-nos por aqui, continue nos auxiliando, nos dando força espiritual para seguir nesta jornada. Vai minha amiga, segue teu caminho nesta outro lado da existencia, descanse em paz.

Gina se foi, com ela outro amigo, o Genildo, que conheci quando estive em CZS pela primeira vez. Ele me abriu as portas da floresta, me aplicou o Kambo pela primeira vez e me mostrou muita coisa da força, da energia, do poder deste lugar. Rapaz sério, altivo, mas muito amigo, muito companheiro de todos, muito querido por todos.

Genildo e Gina, sentiremos saudades.
--> Leia mais...

19 de junho de 2007

Um brinde à chegada do Verão!!!



Nada fácil....
--> Leia mais...

Churrasco no final de semana!!




Tava faltando uma churrascada pra finalmente inaugurar a casa que desde janeiro nao teve festa nenhuma...(logo eu)...
Foi bem legal, a família...amigos..Formula 1..hehe..classico domingão..a não ser pela amiga que encontramos no pátio:
na arrumação da churrasqueira, tijolo pra lá, tijolo pra cá, percebi em um dos buracos do tijolo (cedo, não tarde) um padrão daquela conhecida chamada Jararaca...que, como soube depois, adora colocar ovos e se criar dentro de tijolos abandonados..perto dali as criancas correndo cachorro solto etc. (como todos os dias)...pedi ajuda a um amigo e depois de alguns sustos e tremedeiras conseguimos coloca-la, viva, dentro de um vidro de nescafé...pensa o medo!

Mostrei ela pras crianças e elas continuaram brincando do mesmo jeito e por ali..igual..dai eu diria: Amazônia

Na foto estão, da esquerda pra direita, Dona Iraci, Seu Pedro (sogrão), camarada Esio, sobrinhos e bem embaixo, o Ireneu.
--> Leia mais...

14 de junho de 2007

Finalmente: Mudança!!!!

UFAC, no sobrevôo do Canela Fina, em outubro de 2006, mostrando parte das obras dos novos prédios e o igarapé.

UFAC, no Canela Fina, em Janeiro de 2006


Um grande momento na história da UFAC Cruzeiro do Sul, e consequentemente da minha história aqui, está prestes a acontecer: nossa MUDANÇA pro novo campus, o campus construido e novinho em folha. Hoje! hoje inicia a mudança. Mais uns dias terei de atualizar endereço, estas coisas.

Bem, ai estão, na forma de registro, as fotos do campus que já existia la no Canela Fina. O Canela Fina é um bairro distante 12km do centro de CZS (metade do caminho da minha casa). Região um tanto afastada, com igarapés e alguma floresta. Já existia uma estrutura antiga lá, construída em meados de 2000, mas que pelo abandono foi sucateando e se perdendo. Com o novo Campus, novos prédios foram construídos e a estrutura antiga totalmente reformada e arrumada, novos laboratórios, biblioteca ampla, enfim, um local com as mínimas condições de trabalho, coisa que não estava acontecendo nas atuais instalações ... onde tinhamos que cuidar para não ser estrangulados pelos fios de rede que pairavam por todos os lados...a rede cipó, como diz um colega meu...

Em breve fotos dos prédios em funcionamento
--> Leia mais...

12 de junho de 2007

Widget Útil


A interface do Dashboard (só para quem tem MAC OSX Tiger..) é, sem dúvida, uma revolução no modo como interagimos com o computador, disponibilizando em uma só tela dezenas de programinhas que fazem dezenas de pequenas coisas, como acessar os canias de previsão do tempo, dicionários, rastreadores de encomendasd do correio, etc.
De tantos e tantos widgets úteis que aparecem, no mundo Dashboard, este aqui é, para mim, talvez o mais interessante e útil que tenha aparecido. E, incrível, tem pra windows também...
--> Leia mais...

1 de junho de 2007

I Mostra de Filmes Ambientais do Alto Juruá


Ola Amigos. Divulgo, entao, a I Mostra de Filmes Ambientais do Alto Juruá, que eu estou organizando aqui em Cruzeiro do Sul, a realizar-se entre os dias 4 e 7 de junho, no CINE ROMEU, evento paralelo à Reunião Regional da SBPC aqui em CZS.

A Mostra traz filmes de várias partes do país e muitos filmes etnográficos, produzidos pelos próprios índios. A maioria dos filmes estão sendo exibidos pela primeira vez aqui.


--> Leia mais...

29 de abril de 2007

De Athaydes pra Todos Ocupadores Verde


Ola todos Ocupadores Verde!

Confesso que fiquei todo arrepiado com a mensagem da Sil.

Emocionado mesmo.

Sil, teu relato eh lindo, me fez percorrer aqueles caminhos e lembrar das plantas, lembrar aquelas que plantamos la dentro do mato, as que eram de sombra, aquele palmito...hehe..e agora sao elas que estao dando sombra.

As Ocupacoes Verde, desde a primeira no ENEB de Porto alegre em 1998, estao para completar 10 anos.

É mesmo muito tempo.

O primeiro relato de um resultado real de todo nosso esforço nestes anos veio agora com a linda mensagem da Sil.

Isto, sem duvida da um excelente artigo de divulgacao.

A gente juntaria as fotos do plantio, com as fotos de agora (Sil, tirasse algumas fotos?) e divulga como sendo absolutamente possivel, plantar arvores e sentar abaixo da sombra delas, ainda na mesma decada apos o plantio.

Um abraco a todos

Marcus Athaydes
--> Leia mais...

Carta da Sil: Ocupação Verde de 1999


Queridos espalhados pelo mundo, trabalhantes e estudantes, Srs., Sras. e crianças....


Uma tarde que poderia ser como qqer outra, e o foi, em sua singularidade.
Passando perto dos vovôs Montenegro, lembro-me de nosso 1º plantio campineiro, e resolvi ir visitar nossas plantinhas. ENEB 1999.....mais de 7 anos... Há muito lá não vou, mas não tive dúvida do percurso. O Parque continua fantasma, pouquíssimo uso para tanto espaço.
Em direção ao Teatro de arena, em frente à área do plantio, a percepção já foi diferente: havia um descampado por aqui.. O dia do plantio, trabalho duro e sol na cabeça, enxada para cá e para lá, Seu Sebastião dando de 10 em todos nós.. Ué, será que me enganei?
E ao terminar a pergunta, vejo uma Cordia (exótica, né Mi?) e me lembro que ela já estava ali.
Ou seja, eu estava no lugar certo.
Ele é que havia se transformado.
Passei por entre as árvores, ainda há um caminho, no qual antes lutávamos com o mato. É um bosque hoje. Toda aquela área, todas as mudas, carrega água daqui para lá, e pega carrapato, um violão,... Muito, muito sol....
Eu ali, na sombra das árvores, era como se estivesse vendo todos nós em silêncio no dia do plantio. Eles estão gdes, 3m, 5m ... E todos nós estávamos presentes lá também. Em silêncio Via Marcus com seu chapéu, as mudas passando de lá para cá.
E então vi um velho e morto eucalipto. Vcs se lembram dele? marcava o fim da área de plantio. Mesmo morto desde então, continua lá. Enorme. Lembrei de alguns de nós aos pés dele. Eles antes rodeado de mato, e agora, o sol não bate no chão. Jatobás, Guapuruvus, Paus-ferro, Ingás .... e tudo com letra maiúscula sim!

E enquanto estava ali, como se o ar estivesse mais denso e me ajudásse a flutuar em beleza e lembrança, mais um presente: um lidíssimo tucano, seu laranja resplandecente, vem voando e paira no eucalipto. E lá fica.
Ao me ver, salta mais uns galhos para cima.. proteção. E lá fica. Lindo, lindo, tingindo com seu laranja o céu azul que havia por detrás.

Pensar e realizar um trabalho coletivo e com amor e entrega é bonito por si só, e cria uma luz rosa no mundo. Depois de anos se deparar com ele é estonteante.

Obrigada.
--> Leia mais...

20 de abril de 2007

Bicho-preguiça





Esta foi a minha melhor foto da expedição. Não que tenha ficado exatamente boa. Mas a dificuldade em tirar a foto foi o melhor..hehe. O bichinho estava em uma copa, bem na beira d'agua do Croa, numa curva de difícil acesso. Para tirar tive que ficar de pé na canoa, com a máquina esticada. Bom, de pé na canoa já da pra entender que foi bem difícil e fácil de cair ou virar a canoa com todo mundo em cima. Bem legal.
--> Leia mais...

O Croa, la em cima, nativão!



Esta é uma das vistas do rio Croa bem la em cima, ao sul, depois mais de uma hora do ultimo morador. O rio, fica bem sinuoso, apertado e com a vegetação invadindo a água. Muito lindo. Contam que esta região do Croa é muita piscosa, e com muita caba, e grandes!
--> Leia mais...

Quim no Croa


A casa do nosso amigo Quim, la em cima, um dos ultimos moradores, um dos locais mais lindos do Croa. Ai passamos uma noite e comemos uma excelente janta tradicional!!
--> Leia mais...

Tucum


Este é um exemplar do gênero de maior diversidade da família das palmeiras: o gênero Bactris. São muitas espécies, maioria de subbosque, todas muito espinhentas..hehe.
O tucum traz toda a lealdade.
--> Leia mais...

A temida Tiranabóia


Este bichinho é um dos mais temidos dentro da floresta. Segundo os relatos, a tiranabóia só pode pousar sobre uma espécie de árvore. Caso pouse em alguma outra, ela automaticamente mata a árvore. Eu vi uma seringueira que morreu. Ela quebrou exatamente aonde a tiranabóia pousou, no meio do caule. Para os humanos também...caso ela trisque na pessoa..diz que a morte é certa.
--> Leia mais...

Uma Cucurbitaceae nativa!!

--> Leia mais...

Um maracujá nativo!!!

--> Leia mais...

Alou alou Entomologos!


Um apoio ai para identificar este bichao ai que apareceu na nossa expedicao. Foi mal pela falta de escala. Alou Lucas! Alou Helena!
--> Leia mais...

De volta ao trabalho!!



Após um excelente retiro nas terras gauchas, junto a minha familia e a todos que amo, volto para o oeste da amazonia, ja trabalhando direto!!
A viagem Rio Branco - Cruzeiro do Sul foi uma viagem..foi mesmo uma aventura o que motivara um outro post...com cenas gravadas do celular dentro do avião (monomotor) passando no meio de uma tempestade a noite...uuuu..foi o mais perto que passei de medo de voar!! Depois coloco aqui, quando eu descobrir como tirar de dentro do celular.
Mas sim, com essa começa uma série de fotos da recente expedição botânica que fizemos, como parte dos estudos para criação da RESEX do Croa. Na primeira foto, a equipe...da esquerda pra direita: Alberto, mateiro; Marta, colega botânica; eu; Edir, mateiro; Givanildo, técnico da UFACe o Edilson, parataxonomista direto de Rio Branco.
Foi uma aventura e tanto, quase 30 km por terra e por agua, a pé e de canoa, incluindo um trecho de canoa a remo.
Vamos as fotos!!
--> Leia mais...

12 de março de 2007

Pôr-do-Sol no Guaíba


Enfim, estou curtindo Porto Alegre no melhor estilo. Bah nao podia estar melhor, ontem, por exemplo, o clássico pôr no Guaiba, em um dos lugares mais lindos da cidade, a volta do Morro da Cuíca, em Belém Novo na zona sul da cidade. Poucas pessoas conhecem. O lugar é lindo, e como morei lá estava mesmo com muita saudade. Continuo curtindo a cidade, matando a saudade, ainda falta muita coisa, tipo o circuito do centro, Casa de Cultura Mario Quintana, Museus e cinemas. Por falar em cinema, vi o filme Borat: o segundo melhor jornalista do Cazaquistao em visita ao Estados Unidos...rs...é muito engraçado e totalmente anti - ético hahaha. Recomendo!!
Na foto estão a Marina namorada do meu irmão e a Luciane, colegas dele de teatro.
--> Leia mais...

5 de março de 2007

Lagoa do Peri


Lugares de poder estao por toda a Ilha. A lagoa do Peri eh um daqueles emocionantes mesmo, com uma agua maravihosa e a paz e tranquilidade de um lugarzinho ainda nao muito procurado e detonado. na foto eu e meu maninho.
--> Leia mais...

31 anos.


Bom pessoal, mais um ano de vida chega. Estou mesmo muito feliz, nem tanto por fazer anivesario, pois chega uma hora que nao se gosta de envelhecer, mas muito mais feliz por estar em Floripa e mais ainda por estar na companhia dos meus irmaos queridos. Na foto da de ver como que a ilha traz felicidade!! (Eu mais a Patricia e o Tadeu, no consultorio de massagens da minha irma.)
--> Leia mais...

1 de março de 2007

Floripa a terra do bem no mar

Eis que chega aquela hora do descanso (ainda nao o eterno). Eis que o corpo clama pela discontracao, pelo sal e pela aquele camarao diluido pela cerveja da brisa do mar. Eis que mesmo com poucos recursos, a vontade te impulsiona mais que a razao...e eis que finalmente estou curtindo umas ferias em Florianopolis...floripa ou flopis..Armacao sendo mais localizado..bem, fico por aqui na foto, nem minha, mas ilustrativa.
--> Leia mais...

6 de fevereiro de 2007

O banho da Onça


Ai a foto de um colega, o Rodrigo, flagrando a oncinha do Bis tomando um banho no Igarape Preto.
Aos desavisados so resta mesmo o susto.
--> Leia mais...

26 de janeiro de 2007

Dias de Juruá






Dias de Jurua de muita chuva. Dias de mudanca de residencia. Dias de curtir uma casa nova, com cara de casa de verdade, sabe? com aquelas coisas que casas comuns tem..como cama, televisao e sofá. Dias de continuar trabalhando, pois ferias a gente tira depois. Dias de relax tambem, passeio de canoa, ou ficar em casa, curtindo um chuveirao. Dias de ate frio que faz, de usar uma blusa mais quente, assistir filme...aqui com na maioria dos lugares, o de resto, janeiro nao muda. To louco para ir ao Croa, diz que o rio ta subindo mesmo. acho que ainda antes do final do mes dou um pulo la. Depois que a minisserire passou por la, ao contrario do que se imaginava, o Croa continua igualzinho, so que com menos Pasta (Pistia) boiando.
--> Leia mais...

--> Leia mais...

Tambem cachorro sobe rio....







Ai estao imagens do meu querido corisco subindo o Juruá, na busca de um canto de rio pra virar o ano novo. Virar o ano em um lugar de poder: da-lhe Cambará e Leandrinsky quando tomamos por regra esta ideia: todo ano novo deve ser passado em um lugar de poder, para o ano que se inicia seja de, poder também. Sei que os meus camaradas fazem isso também! Desta vez, subi com o super corisco o Juruá, ate a foz do Moa, para curtir, de longe, o show de fogos da cidade. A luz aqui, o barulho lá.
--> Leia mais...

3 de janeiro de 2007

FELIZ 2007 !!!!!!!!!!!!

O Juruá esta prestes a transbordar. Pelo menos este e o desejo de todos. Que este rio transborde mesmo. Que venha a chuva e que esta chuva renove. A chuva esta ai. Este e o começo. Depois da chuva a renovação, o rio que cresce, que vem sendo somado pelas águas de vários recantos acima. Rio que somado vira grande rio, cheio rio. Imagem de uma transformação, que começa na paisagem, percorre os caminhos outrora secos e passa também pelos corações de todos. Aqui no juruá somos determinados pelas flutuações, pelas cheias, pelas mutucoes deste grande rio que nao cessa de nos trazer de tudo e levar um outro tanto. Este rio e mesmo pra todos a imagem das coisas que ocorrem ao redor. E o verdadeiro espelho do nosso viver. E, neste momento vejo no rosto daqueles que ribeiram, uma felicidade quieta, prestes também a transboradr na medida deste rio. – E este ano! Esta de um jeito escondido em uns e de um jeito modesto em outros mas bem extrapolado num outro tanto. Lá no Croa a expectativa e pelo janeiro. – Janeiro e que chove mesmo. O Croa aguarda esta renovação ha pelo menos oito anos, que este tempo o rio nao esteve por ali? O Juruá e onipresente. O Croa e a bênção por estes lados. E bênção merece renovação, novo acreditar, olhar mais a frente, esperança. – Este rio vira outro rio – ele vira rio! Por uma serie de eventos geológicos e hidrológicos, o leito do juruá se distanciou das cabeceiras do Croa. Deixou no caminho muitas Lagoas e todos estes peixes. Mas o Croa ainda, de tempos em tempos, enchia, trazendo a renovação, de peixes, de limpeza, enfim, de novas águas. E este sentimento de que tudo de bom neste ano deve extrapolar, assim como o Juruá assim precisa. Para trazer a renovação e reciclar as paisagens, como a entrada do novo ano deve reciclar nossas herméticas posições, para reafirmar todos sentimentos de amor ao próximo, de busca pela paz e pela harmonia entre os seres.

ASSIM, UM FELIZ ANO ANO NOVO PRA TODOS, DE MUITA PAZ, SAUDE, AMOR E BOAS REALIZACOES!!
--> Leia mais...

Blogs Favoritos